Em caso de incêndio
ligue de imediato

112

DIVULGUE ESTES CONSELHOS JUNTO DA SUA FAMÍLIA E DA COMUNIDADE

Informe-se sobre os caminhos de
evacuação e os locais de abrigo ou refúgio coletivo da sua área de residência

Se ficar cercado
por um incêndio

  • Dirija-se para um abrigo ou refúgio coletivo. Se não estiver próximo, procure uma zona preferencialmente plana, com água ou com pouca vegetação
  • Respire junto ao chão, se possível através de um pano molhado, para evitar inalar o fumo
  • Cubra a cabeça e o resto do corpo
  • Utilize um lenço húmido para proteger a cara do calor e dos fumos

Em caso de confinamento
na habitação

  • Mantenha a calma
  • Afaste as cortinas e sofás que estejam junto às janelas
  • Feche portas, janelas e outras aberturas que possibilitem a entrada de fagulhas para o interior
  • Coloque toalhas molhadas nas frestas das portas e janelas
  • Fique longe das paredes
  • Procure abrigo nas divisões do extremo oposto da habitação em relação ao lado por onde o incêndio se está a aproximar
  • Espere que o fogo passe e, posteriormente, verifique a existência de focos de incêndio na envolvente da habitação e no seu telhado

Em caso de
evacuação

  • Mantenha a calma e cumpra as indicações das autoridades
  • Ajude as crianças, idosos e pessoas com limitações de mobilidade
  • Leve o seu kit de evacuação e documentos de identificação
  • Não perca tempo a recolher objetos desnecessários e não volte atrás
  • Feche as portas e janelas à medida que sai para fora da habitação
  • Leve consigo os animais de companhia
  • Dirija-se rapidamente ao local de abrigo ou refúgio coletivo mais próximo

Se um incêndio
se aproximar de sua casa

  • Avise os vizinhos
  • Regue paredes, telhado e 10 metros à volta de casa
  • Feche portas, janelas e outras aberturas, corra as persianas ou portadas
  • Retire mobiliário, lonas ou lenhas próximas da habitação
  • Caso tenha condições de segurança, desligue e retire as botijas de gás para um local seguro
  • Afaste o que possa arder junto às janelas e coloque toalhas molhadas nas frestas
  • Se não correr perigo, apague pequenos focos de incêndio com água, terra ou ramos verdes

Tenha preparado
um
kit de evacuação com:

  • Um estojo de primeiros socorros
  • A sua medicação habitual
  • Água e comida não perecível
  • Produtos de higiene pessoal
  • Uma muda de roupa
  • Rádio, lanterna e apito
  • Dinheiro
  • Lista de contactos de familiares/amigos

Se estiver próximo
de um incêndio

  • Ligue de imediato para o 112
  • Se não correr perigo e possuir vestuário adequado, tente extinguir pequenos focos com pás, enxadas ou ramos
  • Evite a exposição ao fumo, tape a boca e o nariz com um pano húmido
  • Proteja o corpo das chamas e do calor com vestuário seco e comprido
  • Não prejudique a ação dos Bombeiros, Sapadores Florestais e outras forças de socorro e siga as suas instruções
  • Retire a sua viatura dos caminhos de acesso ao incêndio
  • Se notar a presença de pessoas com comportamentos de risco, informe as autoridades
  • Evite circular em zonas próximas de incêndios

+

Sobre Nós

A Câmara Municipal de Sintra aliou-se ao Programa “Aldeia Segura, Pessoas Seguras”, promovido pela Autoridade Nacional de Proteção Civil, que visa a defesa da floresta e pessoas, ao implementar o programa nas povoações de Azóia, Atalaia, Ulgueira, Almoçageme, Casas Novas, Penedo, Banzão, Mucifal, Colares, Vinagre, Eugaria e Gigaroz situadas na freguesia de Colares.

 

O programa tem como objetivos, incentivar a consciência coletiva de que a proteção é uma responsabilidade de todos, apoiar o poder local na promoção da segurança, implementar estratégias de proteção das localidades face a incêndios rurais e sensibilizar as populações para a adoção de práticas que minimizem o risco de incêndio.

 

No âmbito deste programa que procura garantir uma maior proteção das aldeias em caso de incêndio, são designados oficiais de segurança, figura que tem como missão transmitir avisos à população, organizar a evacuação do aglomerado, em caso de necessidade, e fazer ações de sensibilização junto da população.

 

O sistema é gerido pela autarquia através do Serviço Municipal de Proteção Civil, em articulação com a freguesia de Colares e com a colaboração permanente dos Bombeiros Voluntários de Almoçageme e de Colares.